CONTATO

contato@TValagoana.com

|

|

HOME

SOBRE

NOTÍCIAS

VÍDEOS

|

CIDADES

SAÚDE

CULTURA

POLÍTICA

ESPORTE

POLICIAL

TEMPO

COLUNISTAS

Buscar

|

|

|

EVENTOS

ENVIAR VÍDEOS

00/00/0000 00:00:00

"Não vamos baixar a guarda", diz Renné Costa sobre o piso salarial nacional da enfermagem

25/05/2022 às 15:10:39

Presidente do Coren de Alagoas afirma que está vigilante às soluções para que esse reconhecimento da categoria seja implementado o mais breve possível

O presidente do Conselho Regional de Enfermagem de Alagoas (Coren), Renné Costa, disse nesta quarta-feira, 25, em Porto Velho (RO) onde participa de um evento do Conselho Federal da categoria, que está vigilante ao projeto de lei da Câmara dos Deputados, que cria um fundo de financiamento de 16 bilhões de reais para garantir a implementação do piso salarial nacional de enfermeiros, técnicos e auxiliares de enfermagem.

O projeto de lei que assegura o piso salarial nacional para a enfermagem ainda não foi à sanção presidencial porque falta definir a fonte de recursos para o seu custeio, explicou Renné. “A nossa luta agora é junto aos deputados e senadores para que encontrem uma solução definitiva para esse problema e nos parece que a criação do fundo é a mais viável no momento”, acrescentou o presidente do Coren de Alagoas. “Não vamos baixar a guarda”, reforçou.

Em seu segundo mandato como presidente do Coren de Alagoas, Renné contabiliza vitórias, como Alagoas sendo o único estado do Brasil a ter o Piso Salarial Estadual para Enfermeiros, a redução das taxas pagas ao conselho de 38 para 8 (apenas as previstas em lei), congelamento do valor da anuidade há três anos, desconto de 30% para quem paga à vista, a Lei do Descanso Digno, local adequado para o cumprimento desse descanso, o empreendedorismo na enfermagem e o projeto na área da ginecologia e planejamento reprodutivo, hoje referência nacional.

Também entregou a sede própria do Coren em Maceió e segunda-feira, 30, inaugura a subsede em Arapiraca. “Estamos fazendo um trabalho que nos assegure a representatividade, melhores condições de trabalho, proteção legal, defesa das nossas prerrogativas e avanços como profissionais da saúde”, enfatizou Renné Costa. “Também viabilizamos viaturas para nossas fiscalizações e o Coren na Estrada”, acrescentou, afirmando que o Conselho também tem incentivado e promovido a capacitação da categoria.

O mandato do Conselho é de três anos, a entidade de Alagoas tem 35 mil profissionais de enfermagem, incluindo auxiliares, técnicos e enfermeiros, inscritos. Renné Costa está concluindo a sua segunda gestão. Ele é servidor concursado da Saúde do estado.

CONTATO

VÍDEO

EVENTOS

HOME

|

|

|

|

NOTÍCIAS

TV alagoana.com 2019 © Todos os direitos reservados

SOBRE

contato@TValagoana.com